A Origem da Música Sertaneja Universitária no Brasil

Música Sertaneja Universitária no Brasil

A música é uma linguagem universal. Atravessa origens culturais e étnicas. A música é o coração do Brasil.

A música sertaneja tem sua origem nas celebrações de festividades e eventos religiosos no interior dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, bem como no sul de Goiás e sul da Bahia, durante a era colonial. De acordo com historiadores e antropólogos, a música tem suas raízes na música ibérica e danças tradicionais, misturadas com influências principalmente indígenas. A viola caipira é o instrumento mais importante na música sertaneja, é uma modificação da típica guitarra portuguesa, chamada “viola de arame”, que foi introduzida no Brasil durante o século 16, pelo jesuítas.

Ao longo dos anos a musica sertaneja foi ganhando alterações para acompanhar a tecnologia  e atender ao gosto do público. Desde meados da década de 90 músicos mais jovens, principalmente do interior do estado de São Paulo, formaram bandas que misturam música tradicional sertanejo com elementos de rock contemporâneo, o que deu origem a Música Sertaneja Universitária no Brasil.

O Sertanejo Universitário trouxe para o publico adolescente um ritmo mais acelerado, com letras que falam de mulheres e festas. Mesmo os críticos alegando que “sertanejo universitário” é apenas um rótulo para a antiga musica sertaneja, o fenômeno se deu, pela conquista de um novo público, uma nova geração, que até então tinha preconceito a respeito do estilo musical “sertanejo”.

Música Sertaneja Universitária no Brasil 1

Música Sertaneja Universitária no Brasil 2

Música Sertaneja Universitária no Brasil 3

Música Sertaneja Universitária no Brasil 4

Música Sertaneja Universitária no Brasil 5

Música Sertaneja Universitária no Brasil 6




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *