Anabolizantes – O que é

Anabolizantes são usados para diminuir peso e ganhar músculos

Os esteróides anabolizantes é o nome familiar para substâncias sintéticas relacionadas aos hormônios sexuais masculinos (andrógenos). Eles promovem o crescimento do músculo esquelético (efeitos anabólicos) e para o desenvolvimento das características sexuais masculinas (efeitos androgênicos), e também têm alguns outros efeitos.

Os esteróides anabólicos foram desenvolvidos na década de 1930 principalmente para tratar o hipogonadismo, uma condição na qual os testículos não produziam testosterona suficiente para o crescimento normal, desenvolvimento e funcionamento sexual. Os principais usos médicos destes compostos são para o tratamento de puberdade atrasada, alguns tipos de impotência, e para combater algumas infecções causadas pelo vírus HIV ou outras doenças.

Durante a década de 1930, os cientistas descobriram que os esteróides anabolizantes podiam facilitar o crescimento do músculo esquelético em animais de laboratório, o que levou ao uso dos compostos inicialmente por fisiculturistas e levantadores de peso e, em seguida, por atletas de outros esportes. Abuso do uso de anabolizantes se tornou tão disseminado no atletismo que afeta o resultado dos concursos esportivos.

Mais de 100 diferentes esteróides anabólicos têm sido desenvolvidos, mas requerem uma prescrição para ser usado legalmente. A maioria dos esteróides que são usados ​​ilegalmente são contrabandeadas de outros países, ilegalmente desviados de farmácias, ou sintetizado em laboratórios clandestinos.

Os esteróides anabolizantes pode causar sérios efeitos colaterais. Alguns desses efeitos podem ser permanentes.

Nos homens, os esteróides anabolizantes pode:
Reduzir a contagem de esperma.
Encolher os testículos.
Aumentar os seios.
Nas mulheres, os esteróides anabolizantes pode:
Aumentar os pêlos do corpo.
Tornar  a pele áspera.
Diminuir o tamanho da mama.
Ampliar o clitóris.
Engrossa a voz.




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *