Campanha de vacinação contra o H1N1

Rede pública de saúde começa a vacinar contra o vírus H1N1

O Brasil ainda está se recuperando do surto do Zika vírus e outro problema de saúde atinge a população. O H1N1, ou gripe suína, já matou cerca de 70 pessoas em mais de 300 casos desde o início do ano.

Os números alarmantes levaram o Ministério da Saúde  a autorizar os Estados a iniciarem a campanha de vacinação contra gripe um mês antes do previsto. Mais de  três milhões de doses da vacina serão enviados para hospitais públicos e privados e clínicas de saúde dentro dos próximos quinze dias.

Estados com mais mortes até agora, São Paulo e Santa Catarina começaram a imunizar profissionais de saúde na semana passada. Nesta segunda-feira (11), começa a vacinação para os grupos considerados prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, idosos e gestantes.

As vacinas da rede pública são trivalentes e protegem contra os vírus H1N1, H3N2 e o tipo B.

Na rede privada, estão disponíveis também as vacinas quadrivalentes, com cepas para outro tipo de gripe b, que circula nos Estados Unidos.

Autoridades da Saúde no Rio de Janeiro temem temem que este problema possa afetar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, a ser realizado na cidade em agosto e setembro. O aumento do número de contaminação da gripe H1N1 geralmente ocorre depois de maio, quando o clima no país começa a esfriar.

Campanha de vacinação contra o H1N1 - Campanha de vacinação contra o H1N1 Campanha de vacinação contra o H1N1-

Campanha de vacinação contra o H1N1_




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *