Dicas de Espuma para Estúdio

Espuma para estúdio isola o som

O tratamento acústico de um ambiente se divide em duas partes; o isolamento e o tratamento. O isolamento visa impedir (ou diminuir) a passagem de ruído entre dois ambientes. Já o tratamento da acústica – tem que levar em consideração o uso a que se destina este ambiente – envolve absolutamente tudo o que será colocado dentro deste ambiente, incluindo até o número de pessoas.

Forrar uma sala de espuma para estúdio significa filtrar os agudos do áudio e diminuir o tempo de reverberação das altas freqüências.

A espuma para estúdio ou espuma acústica tem formato de “caixa-de-ovo”. Elas geralmente são vendidas para revestir paredes de estúdios, boates, boliches, auditórios e outros espaços que necessitam conter o som.

A espuma para estúdio também podem ser encontrada em material anti-chama (indicada para locais públicos e que segue as normas de segurança).

A espuma acústica é composta por espuma de poliéter uretano, auto-extinguível, com densidade de 28kg/m3. A espuma acústica está disponível em várias espessuras, nas opções plana e perfilada (Sinus, Dunas, Andes e Senoidal), com e sem barreira (lâmina de mastique, lâmina de chumbo ou placa atenuadora – Soundflex, Isomass ou Lamix). Também pode ser fornecida na cor natural (grafite) ou colorida.

Espuma para Estúdio 1 550x412 Dicas de Espuma para Estúdio

Espuma para Estúdio 2 Dicas de Espuma para Estúdio

Espuma para Estúdio 3 Dicas de Espuma para Estúdio

Espuma para Estúdio 4 Dicas de Espuma para Estúdio

 Dicas de Espuma para Estúdio



Deixar um comentario

Seu e-mail nao sera divulgado. Preencha todos os campos *