História do Boitatá

História do Boitatá foi criada pelo padre José de Anchieta

A história do boitatá fala sobre uma enorme cobra de fogo, com olhos reluzentes, pele transparente, que cintila deslizando na beira dos rios, para proteger as matas e florestas das pessoas que provocam queimadas.

Diz à lenda que o boitatá pode se transformar em uma tora em brasa, para punir as pessoas que colocam fogo nas matas e florestas.

O boitatá tem poderes de deixar as pessoas cegas, loucas ou levá-las a morte. E que todas as pessoas que encontrarem com o boitatá deve permanecer imóvel e de olhos bem fechados.

As lendas do folclore brasileiro tem diversas versões dependendo da região onde ela é contata. Em Santa Catarina, o Boitatá é descrito como um touro de “pata como a dos gigantes e com um enorme olho bem no meio da testa.




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *