Médico aposentado de 85 anos retorna ao hospital para combater o coronavírus

Giampiero Giron, professor emérito da Universidade de Pádua,85 anos, aposentou-se, mas recentemente aceitou o chamado de seu país para retornar à linha de frente contra o Coronavírus.

Giron é considerado um verdadeiro mito vivo no país e não tem o menor medo de enfrentar o coronavírus.

Foto: Divulgação

“Eu sei que os mais expostos a complicações do coronavírus são os idosos, mas estou com boa saúde e, mesmo que não tenha muito a ver com isso, tomo a vacina todos os anos. Não tenho medo, mesmo em situações epidêmicas, são sempre difíceis de lidar ”, afirma.

“Desta vez, é contra um inimigo invisível”, disse ele e disse que, com seu exemplo, ele não quer obrigar ninguém.

Foto: Divulgação

“Não julgo quem pensa de outra forma. Uma coisa que eu entendi na minha idade: não há nada pior do que forçar alguém que não quer entrar na sala de cirurgia.

Dr.Giampiero Giron está entre os milhares de médicos e enfermeiros aposentados que fizeram o mesmo.



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *