Nomeação de Lula Provoca Protestos

Centenas protestam para exigir a renúncia da Presidente

Protestos eclodiram entre as cidades brasileiras depois que a presidente Dilma Rousseff fez a nomeação de seu antecessor Luiz Inácio “Lula” da Silva como Ministro da Casa Civil e uma conversa gravada pela oposição afirmar que o movimento foi feito para proteger o ex-líder da acusação do Lava Jato.

Dezenas de milhares de manifestantes na quarta-feira tomaram as ruas da capital Brasília e São Paulo, o centro financeiro do país, exigindo a renúncia de Dilma Rousseff.

Críticos alegam que a nomeação de Lula como Ministro pode ajudá-lo a evitar a possibilidade de detenção no caso da investigação de corrupção provar o envolvimento do ex-presidente.

Mas Dilma Rousseff rejeitou as acusações, dizendo que Lula foi escolhido para Ministro por sua experiência e sólido histórico no âmbito de defesas políticas econômicas. E que com ele no poder o Brasil vai retomar o crescimento, a estabilidade fiscal e controle da inflação.

Por outro lado, o juiz federal Sergio Moro, que comanda a operação Lava Jato, divulgou uma conversa telefônica entre Lula e a presidente Dilma Rousseff, na qual ela diz que encaminhará a ele o “termo de posse” de ministro, caso fosse necessário.

Uma vez nomeado, Lula só pode ser julgado no Supremo Tribunal Federal, colocando-o fora do alcance das investigações estaduais e federais em curso.

Recessão no Brasil

O chefe da coalizão do governo no senado, José Guimarães, confirmou a nomeação de Lula no Twitter depois de uma reunião com Dilma Rousseff e ministros na quarta-feira de manhã.

O movimento oferece a Lula proteção a curto prazo de promotores que estão acusando-o de lavagem de dinheiro e fraude.

O retorno de Lula ao governo também pode significar uma mudança de tática econômica, já que ele criticou abertamente os esforços e pediu mais gastos públicos para acabar com a pior recessão do Brasil em décadas.

A moeda brasileira caiu quase dois por cento na quarta-feira e perdeu quase sete por cento nesta semana, com a possibilidade da nomeação de Lula. O fato elevou as expectativas de uma mudança no balanço político e econômico.

Novas acusações

O retorno de Lula a Brasília foi ofuscado por uma enxurrada de novas denúncias de corrupção vindas por parte do senador Delcídio do Amaral do PT, que era aliado do presidente até ser preso no ano passado.

No testemunho de delação premiada, Delcídio do Amaral revelou que Dilma Rousseff sabia do esquema de corrupção por trás da empresa estatal de petróleo Petrobras e um de seus ministros havia tentado comprar seu silêncio.

A popularidade de Dilma Rousseff vem caindo vertiginosamente porque o Brasil enfrenta a pior crise econômica desde a Grande Depressão e a investigação de corrupção, decorrente da Petrobras.
Protestos no Brasil  2

Protestos no Brasil  3 Protestos no Brasil 1 Protestos no Brasil 4



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *