O que fazer com Sudorese Excessiva

Sudorese Excessiva pode ter varias causas

Você sua mais do que as outras pessoas? Um exercício de cinco minutos na esteira o deixa encharcado? A suor poder ser um grande aborrecimento, então o que fazer com a sudorese excessiva?

Hiperidrose pode ser tratada de várias formas. Antiperspirantes tópicos são a primeira linha de tratamento para a transpiração nas axilas e também são eficazes nas mãos e nos pés. A melhor escolha é uma preparação contendo sais de alumínio, tais como cloreto de alumínio. O sal de alumínio irrita a glândula sudorípara e faz com que ela inche, evitando que o suor saia.

Um procedimento chamado iontoforese tem sido usado durante mais de 50 anos para tratar a transpiração excessiva nas mãos ou os pés, e, mais recentemente, nas axilas. As suas mãos ou pés são submersos em água morna da torneira durante 10-20 minutos, enquanto uma corrente elétrica leve ​​passa através da água. Aparentemente, este bloqueia temporariamente a glândula do suor. Sintomas de sudorese geralmente melhoram após 5-10 sessões. O principal efeito colateral é a pele seca ou irritada. Você deve evitar a iontoforese se estiver grávida.

A toxina botulínica (Botox) injeções são aprovados pelo FDA para o tratamento da hiperidrose axilar. Eles também têm sido eficazes para as mãos e os pés e são o tratamento de escolha para hiper-hidrose. Múltiplas injeções são necessárias, um tratamento típico que envolve 12-14 injeções por axila. Botox parece funcionar por paralisar temporariamente os nervos que liberam acetilcolina. Pacientes notam alívio completo dentro de um dia ou dois, e os efeitos duram de 6-10 meses. Os riscos incluem sangramento no local da injeção e fraqueza muscular nas mãos.

Alguns médicos prescrevem medicamentos anticolinérgicos orais (medicamentos que reduzem a atividade da acetilcolina) para conter as glândulas sudoríparas, mas esta abordagem não é aprovado pelo FDA. Medicamentos anticolinérgicos podem causar alguns efeitos colaterais indesejáveis, tais como boca seca, constipação, dificuldade de gosto, visão turva, e palpitações cardíacas.

Em casos graves, a cirurgia pode ser realizada para cortar os nervos simpáticos das glândulas sudoríparas (simpatectomia). Simpatectomia funciona melhor para o tratamento das palmas das mãos .

Transpiração excessiva, ou hiperidrose, pode ser um sinal de alerta de problemas de tireóide, diabetes ou infecção. A transpiração excessiva também é mais comum em pessoas que estão acima do peso ou fora de forma.

A boa notícia é que a maioria dos casos de sudorese excessiva são inofensivos. Se você está preocupado com o quanto você sua, segue informações para ajudá-lo a decidir se você deve consultar um médico para um diagnóstico médico.

Se você sua mais do que as pessoas quando o clima esta quente ou quando esta se exercitando, isso não é geralmente um sinal de problemas. Suar é uma reação normal quando o corpo está trabalhando duro e precisa se resfriar.

A sudorese excessiva vai além da necessidade física normal de suar. Se você tem hiperidrose, você pode suar muito por nenhuma razão.

A causa mais comum da transpiração excessiva é chamada de hiperidrose focal primária. Esta forma de hiperidrose afeta cerca de 1% a 3% da população, e geralmente inicia na infância ou adolescência.

Embora seja uma condição médica, não é um sinal de doença ou de uma interação medicamentosa. E pessoas que podem ter esta condição são pessoass saudáveis.

Os sintomas da hiperidrose focal primária são bastante específico. É chamado de focal ou localizada, pois afeta apenas partes específicas do corpo, como as axilas, virilha, cabeça, face, mãos ou pés. Os sintomas também tendem a ser simétrico, ocorrendo em ambos os lados da mesma forma.

Por que isso acontece? Os especialistas não têm certeza, mas hiperidrose focal primária parece resultar de uma pequena avaria no sistema nervoso. Existem algumas evidências de que ela possa ocorrer em várias pessoas de uma mesma família.

A hiperidrose secundária é uma forma menos comum e provoca sudorese em todo o corpo – e não apenas nas mãos ou nos pés. Hiperidrose secundário também é mais grave. É chamada de secundária, porque é causada por um outro moivo, como uma doenã subjacente.

Um sinal revelador de hiperidrose secundária é a sudorese excessiva à noite.

Muitos fatores podem desencadear a hiperidrose secundária, incluindo diferentes condições médicas e doenças. Eles incluem: menopausa, gravidez, problemas de tireóide, diabetes, acoolismo, doenças infecciosas como a tuberculose, doença de Parkinson, artrite reumatóide, insuficiência cardíaca e cânceres como leucemia e linfoma

E sobre a ansiedade? Pessoas que estão ansiosos – ou tem distúrbios de ansiedade reais – podem suar mais do que outros. Mas especialistas dizem que a transpiração ansiosa não é o mesmo que a hiperidrose.

O que fazer com Sudorese Excessiva 1

O que fazer com Sudorese Excessiva 2

O que fazer com Sudorese Excessiva 3

O que fazer com Sudorese Excessiva 4

O que fazer com Sudorese Excessiva 5

 




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *