Tratamento de Água – Imagens

Processo do tratamento de água

Tratamento de água é um processo físico, químico ou mecânico usado na água antes de ser submetido ao processo de tratamento principal.

Um tratamento preliminar é feito usando telas para remover pedras, gravetos, folhas e outros detritos; produtos químicos podem ser adicionados para controlar o crescimento de algas, e um estágio de pré-sedimentação para retirar grãos de areia e cascalho de água bruta.

Coagulação: Depois do tratamento preliminar, o passo seguinte é a coagulação. Coagulação remove as partículas pequenas que são formadas por micróbios, e outro material em suspensão na água. Produtos químicos de tratamento tais como o alúmen são adicionados à água e misturados rapidamente. Os produtos químicos fazem com que pequenas partículas se aglutinarem (coagular). A mistura aglomera pequenas partículas em conjunto para formar grupos maiores chamados “flocos”. Alguns dos flocos começam a assentar durante esta fase.

Floculação: durante a etapa de floculação, o floco, pesado denso deposita-se no fundo da água em grandes tanques. Como você pode imaginar, este pode ser um processo lento! Uma vez que o floco se assenta, a água está pronta para a próxima etapa do tratamento.

Decantação: esta fase ocorre em um grande tanque onde a água flui lentamente. Resíduo de sólidos, se acumula no fundo da bacia e é bombeado ou raspado para eventual descarte.

Filtração: a água agora apresenta um aspecto turvo. O processo de filtração remove material em suspensão, que pode consistir em flocos, os microorganismos (incluindo cistos de protozoários tais como Giardia e Cyrptosporidium), algas, lodo, ferro e manganês precipitados a partir de fontes de água subterrânea.

Estes materiais em suspensão são filtrados quando a água passa através de leitos de material granular, geralmente compostos por camadas de areia, cascalho, carvão, granada, ou substâncias afins.

Fluoretação e Desinfecção: Fluoreto (F-) é adicionado a água para reduzir a cárie dentária. A fluoretação é um processo eficaz e econômico endossado por muitos grupos de saúde pública em todo o mundo. O flúor é introduzido no sistema de água ou como um pó seco ou em solução.

Durante a desinfecção, organismos causadores de doenças são destruídos ou desativados. Cloro (Cl2) é o desinfetante mais comumente usado porque é prático, eficaz e econômico.

Como o cloro se dissipa rapidamente, é importante adicionar a quantidade certa de cloro na estação de tratamento de água para fazer a desinfecção continua enquanto a água está fluindo através do sistema de distribuição.

Correção de PH: é aplicada na água certa quantidade de cal hidratada ou carbonato de sódio. Esse procedimento serve para corrigir o PH da água e preservar a rede de encanamentos de distribuição.

Tanques de retenção: a água depois de tratada é armazenada em tanques de retenção. Os tanques são uma reserva de água para atender a demanda de água das cidades.

 




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *